Entre para o Comércio On-line de Roupas

Entre para o Comércio On-line de RoupasPor necessidade, para dar de presente ou para estar na moda, comprar roupas é um hábito de todas as pessoas e algumas delas dão preferência para às peças de marcas famosas. Mas nem todo mundo pode adquiri-las, pois em geral, no mercado brasileiro, as roupas de grife custam pequenas fortunas. Se esses consumidores tiverem acesso a roupas de marcas por preços mais acessíveis, entretanto, certamente as comprariam.

Prin urmare se pot achizitiona niste ochelari de soare Ray Ban Wayfarer, pe care ii pueteti transforma apoi in niste trendy ochelari de vedere, fie ca aveti sau nu nevoie de acestia (purtandu-i doar ca pe un accesoriu care se remarca usor si impresioneaza profund ).
Cumpara Ochelari de Soare Ieftini si originali

Nesse sentido, você pode investir nas vendas virtuais e entrar para o comércio on-line com foco nas roupas de marca. Além de encontrar facilmente o seu público alvo, você pode contar com as vantagens das vendas pela Internet. Sem ter que gastar com aluguel de espaço comercial ou contratação de funcionários, é possível ter uma loja na web e oferecer as suas mercadorias para muitas pessoas.

Comprar pela Internet já é o hábito de muitos consumidores, que encontram no comércio on-line muita facilidade e conforto, bastando para isso acessar sites diversos, fazer comparações de preço, escolher os modelos que mais gostar e com segurança realizar o pagamento. As lojas virtuais costumam ter mecanismos de pagamento que possuem certificado de segurança, o que confere tranquilidade na hora de usar o cartão de crédito, transferência bancária ou mesmo gerar um boleto eletrônico.

Como ter uma loja virtual e vender roupa

O e-commerce próprio é a melhor maneira de criar uma marca na Internet e divulgá-la. Para tanto, a opção que possui melhor custo-benefício para os novos empreendedores on-line é alugar uma plataforma. Muitas empresas oferecem esse serviço e, além de você ter um site para vender as suas roupas importadas, pode contar com o atendimento dessa empresa, que vai oferecer assessoria para que você saiba administrar a sua loja virtual.

Na hora de criá-la, é possível escolher entre diferentes layoutspadronizados, bem como as funções que deseja disponibilizar. Dessa forma, você pode ter categorias diversas de produto em seu site, descrição de produtos, calcular frete, oferecer promoções, formas distintas de pagamento, além de elementos imprescindíveis, como política de privacidade, política de devolução, formas de contato, histórico da empresa, etc.

Ter um computador bom e uma boa conexão com a Internet também são essenciais para que você possa gerir a sua loja virtual independente do lugar onde estiver. Já em casa, ou no lugar que você escolher para montar o seu home office, é importante que tenha um lugarzinho destinado apenas a você, como um escritório. Mesmo que você trabalhe somente com o laptop, o melhor é que possa se sentar em uma mesa para teruma boa postura, pois é bem provável que fique muitas horas usando o seu computador.

Como comprar roupas para revender

É imprescindível encontrar bons fornecedores para que você possa oferecer roupas de marcas com preços bem acessíveis. Ao adquirir produtos do exterior, é possível se deparar com preços extremamente baratos se comprado ao que é praticado no mercado nacional. Assim, você pode ter uma boa margem de lucro sem deixar de oferecer preços competitivos na Internet.

Além de roupas, você pode agregar outros produtos a sua loja virtual, como perfumes de marca, produtos de beleza, eletrônicos, brinquedos e muito mais. De início, entretanto, o melhor é focar em determinadas categorias e avaliar como está o seu relacionamento com os fornecedores e clientes. Aos poucos o seu negócio pode crescer até que você comece e oferecer, cada vez mais, variedade de produtos.

Conhecer a experiência de outros importadores é uma maneira de saber o que se pode ou não fazer nesse ramo, bem como encontrar fornecedores de confiança.

Ganhe Dinheiro Vendendo Roupas de Marca

Ganhe Dinheiro Vendendo Roupas de MarcaQuem é que não gosta de se vestir bem? O mais provável é que ninguém responda afirmativamente a essa pergunta. E para muitas pessoas, melhor ainda se as roupas forem de marcas, o que para muitos é sinônimo de bom gosto e qualidade. Mas nem todo mundo têm acesso a vestuário, calçados e acessórios de grifes famosas se depender do mercado nacional, onde os preços costumam ser bastante altos.

Porém, ao comprar de outros países, é possível ter acesso a produtos com valores baixíssimos, que mesmo recebendo um valor a mais para o importador ainda vão continuar muito tentadores para os consumidores. Por isso, o mercado de roupas de marca importadas tem garantia de um grande número de clientes, que gostam de se vestir bem e não vão deixar de comprar roupas de grifes com preços vantajosos.

Nesse sentido, para ganhar dinheiro vendendo roupas, calçados e acessórios de grife, você pode montar uma loja virtual, sem ter que gerar gastos com aluguéis de lojas físicas ou funcionários. Imagine comprar de fornecedores do exterior artigos das melhores marcas do mundo, como Tommy Lacoste, Hilfiger, Abercrombie, Ralph Lauren, Aéropostale, Giorgio Armani, Armani Exchange, D&G, Gucci, Hollister, New Era, Adidas, Nike, QuickSilver, EckoUnltd, Volcom, Puma, Coogi, entre outros, para si mesmo e ainda poder revender pela web.

Como vender na Internet roupas importadas

Você pode fazer anúncios gratuitos pela Internet como em sites iguais ao Mercado Livre para divulgar as roupas que importar de outros países. Embora seja preciso pagar uma porcentagem para o site caso o produto seja vendido em sua plataforma, é ainda muito vantajoso, pois esses sites diariamente são acessados por milhares de internautas em busca dos melhores preços.

Mas assim como você, muitos outros empreendedores também estão colocando à venda as suas mercadorias, por isso, é necessário que você faça uma anúncio bem elaborado e informativo. Na hora de descrever as roupas importadas que estivervendendo, faça um texto que fale sobre a sua qualidade, o renome e prestígio que a marca possui no mundo e adicione fotos de boa resolução.

Se o seu produto estiver em promoção ou você oferecer formas de pagamento diferenciadas não deixe de colocar essas informações em destaque, para que chame a atenção do consumidor virtual. Como ele não terá acesso ao produto no momento em que for comprá-lo, mostre através de informações reais a credibilidade do seu negócio. Também não deixe de colocar os seus contatos e de retornar sem demora após ele fazer o contato mostrando o desejo de adquirir o produto.

Como ter uma loja virtual

Outra forma que é ainda melhor para você vender pela web roupas importadas é por meio de uma loja virtual própria. Embora seja necessário um pouco de investimento financeiro, é uma forma de aumentar a sua credibilidade perante os clientes e criar uma identidade visual para a sua empresa. Você pode começar o seu negócio vendendo em plataformas de terceiros e quando ver os bons lucros que está tendo com as vendas pode migrar para um e-commerce próprio.

Nesse sentido, as melhores opções são os aluguéis de plataformas de lojas virtuais. Algumas empresas oferecem esse serviço com assessoria completa para gerenciar o seu comércio on-line por preços bastante acessíveis. Você também pode criar a sua loja virtual pelo Facebook, que oferece o serviço totalmente gratuito e já contar com a clientela que costuma usar a rede social todos os dias.

Com o tempo e o sucesso do seu empreendimento virtual, será possível, ainda, ter a sua própria plataforma, contratando profissionais para deixar o seu comércio com a cara que você sempre quis.

Como ter uma Loja de Roupas On-line

Como ter uma Loja de Roupas On-lineNos dias de hoje, quem tem Internet e vive nos grandes centros urbanos é bem possível que goste de aproveitar o conforto que as lojas on-line oferecem. Além de contar com preços mais baixos do que as lojas físicas oferecem, o comércio virtual permite que se realize uma compra sem pressa, sem pegar trânsito e movimento, tampouco tenha que enfrentar filas ou congestionamentos. Já quem mora em cidades menores encontra no e-commerce uma forma de ter acesso a uma maior variedade de produtos.

Ter uma loja de roupas on-line pode ser a solução dos seus problemas e de muitos consumidores que preferem as compras virtuais. Se você pretende investir em um negócio próprio e ainda não se decidiu, é preciso entender que ter um comércio na Internet pode tornar o seu serviço muito mais prazeroso e menos estressante. Como qualquer outro empreendimento, esse exige dedicação e empenho, entretanto, tudo isso poderá ser feito no aconchego do seu lar, sem a necessidade de gastar com aluguel de uma loja física, funcionários, etc.

Além disso, você pode começar do zero a montar a sua loja virtual mesmo que não tenha nenhum capital inicial ou com pouco dinheiro. Uma forma de fazer isso é vendendo as roupas em sites como Mercado Livre, onde você não precisa de uma plataforma própria, mas sim, produzir anúncios que chamem a atenção dos visitantes do site. Nessa hora, é preciso promover os seus produtos através de anúncios bem feitos, com layout moderno e que se comunique com o seu público.

Se as roupas que você vende são destinadas aos jovens, o layout da sua propaganda deve ter um estilo descolado e ousado, com uma linguagem próxima da que é utilizada pelos seus clientes. É preciso que tenha, ainda, fotos de boa qualidade e todas as informações relevantes, como preços, tamanhos, formas de pagamento, prazo de entrega, etc.

Como montar um comércio virtual de roupas

A forma com o melhor custo benefício para criar uma loja virtual própria é alugando uma plataforma que além de oferecer bons preços disponibilize toda a ajuda necessária para que você gerencie o seu negócio. No entanto, antes de botar a “mão na massa” é preciso que você pesquise qual a melhor empresa para alugar uma plataforma, que dispõe dos preços mais acessíveis e de uma assessoria de qualidade.

Você também deve saber quais os fornecedores que contam com produtos bons, com preços baixos, formas de pagamento vantajosas e ofereçam frete gratuito sem perder em qualidade de atendimento. Outra informação importante diz respeito à nacionalidade dos fornecedores de roupas. No mercado do vestuário, uma forma de ter sucesso no seu negócio é importando de outros países, inclusive, as de marcas.

Peças de grifes que são fabricadas em outras nações são vendidas por preços muito mais baixos do que os praticados no mercado nacional. Assim, mesmo que você coloque bons lucros em cima do valor da mercadoria, ela continua com um preço atraente para o consumidor brasileiro. Porém, é preciso saber quais são os fornecedores mais confiáveis, uma maneira de saber isso é pesquisando na concorrência para saber de quem ela compra as roupas importadas.

Conhecer o mercado no qual você vai investir é o primeiro passo para ter um empreendimento promissor e que lhe permita alcançar a sua independência financeira sem patrão e sem ter que se submeter a horários fixos em uma jornada que muitos consideram entediante. Além disso, ao revender roupas importadas, você conta com a garantia de um público consumidor certo, pois são muitas as pessoas que gostam de comprar para si mesmas e para presentear amigos e familiares peças de vestuário de marcas famosas.

Como Abrir uma Loja Virtual de Roupas

Como Abrir uma Loja Virtual de RoupasPegar trânsito, congestionamento, pagar pelo parquímetro, caminhar para lá e para cá em busca das melhores roupas com os melhores preços, aguentar mau humor da atendente, as filas para o provador, faça chuva faça sol, é coisa do passado. Hoje, é possível comprar vestuário para toda a família no conforto do próprio lar, sem ter que sair de casa, sem pressa e com muita economia.

O comércio on-line tem dado largos passos e já conta com muitos consumidores brasileiros, ainda mais no que se refere a roupas de grifes famosas. Uma forma de oferecer esse tipo de mercadoria para os clientes virtuais é importando roupas, que no exterior podem ser encontradas por preços muito mais baixos do que no mercado nacional, assim, mesmo colocando bons lucros em cima de cada peça, o preço continua muito atraente.

Se você pensa em abrir uma loja virtual, saiba que o ramo das roupas importadas é bastante amplo e conta com garantia de ótimos lucros ao final do mês. Porém, para entrar nesse segmento, você deve estar por dentro das marcas que mais fazem sucesso entre o sue público alvo consumidor. Grifes como Lacoste, Giorgio Armani, Armani Exchange, D&G, Gucci, Tommy Hilfiger, Abercrombie, Ralph Lauren, Aéropostale, Hollister, New Era, QuickSilver, EckoUnltd, Volcom, Puma, Adidas, Nike e Coogi são algumas das marcas que não podem faltar na sua vitrine on-line.

Mas além de estar ligado na moda que faz a cabeça de quem prefere as grifes, é preciso saber os princípios básicos para montar uma loja virtual. Como qualquer outro empreendimento, esse negócio exige muita dedicação e disciplina. Você pode trabalhar de casa, em seu computador, mesmo assim, é importante que crie um ambiente de trabalho e organize horários específicos para se dedicar a sua atividade.  Assim, você não corre o risco de se distrair com outras tarefas.

Como começar a vender roupas importadas

A plataforma que você escolher para criar a sua loja virtual é de extrema importância, pois é nela é onde você vai mostrar os seus produtos e realizar transações financeiras. Uma forma acessível de começar a vender roupas importadas na web é alugando uma plataforma por meio de empresas que oferecem o serviço e dispõem da assessoria de profissionais que o ajudarão a gerir a sua loja virtual.

Embora você possa encontrar mensalidades baixas, existem formas gratuitas de anunciar a suas mercadorias, como pelo Facebook, onde você pode montar o seu comércio virtual gratuitamente ou por meio de sites como o Mercado Livre. Porém, quando você perceber que o seu negócio está dando certo e tem futuro, melhor é investir em um site com visual moderno para que você crie uma identidade própria e obtenha maior credibilidade entre os seus clientes.

Nessa hora, é preciso caprichar no layout do site, porque além de preços baixos e boas condições de pagamento, como uso de diferentes bandeiras de cartão de crédito, parcelamentos a perder de vista ou descontos à vista, o visual é determinante na hora da compra. Você pode se especializar em vestuário masculino ou feminino, ou mesmo, vender roupas tanto para homens como para mulheres e mesmo para o público infantil. As roupas de marca sempre foram preferência de muitos consumidores, por isso, aos disponibilizá-las por bons preços, as vendas são garantidas.

Você também deve saber como encontrar os melhores fornecedores para importar vestuário, quais as melhores formas de negociação e como garantir ao seu cliente as entregas na data certa. Tudo isso e muito outros conhecimentos importantes para entrar no comércio de roupas importadas podem ser adquiridos através de cursos on-line e e-books, onde empreendedores virtuais experientes compartilham a sua experiência.

Como Importar da China e Criar uma Loja Virtual

como importar da China e criar uma loja virtualVocê já fez compras on-line? Se ainda não, saiba que você é um dos poucos internautas que não experimentou, ao menos uma vez, a comodidade das compras sem sair de casa. As lojas virtuais costumam oferecer preços mais baixos dos que nas lojas físicas, além de contar com formas de pagamento diversas e parcelamentos a perder de vista. Alguns segmentos, entretanto, disponibilizam preços ainda mais baixos, inclusive, se os produtos forem importados. O comércio on-line de mercadorias compradas na China para revender no Brasil é um negócio que encontra, cada vez mais, empreendedores brasileiros interessados em alcançar a sua independência financeira. Saiba a seguir como importar da China e criar uma loja virtual.

Se você gostou da ideia e quer importar da China para oferecer produtos com preços irresistíveis aos consumidores do Brasil, saiba que com organização e conhecimento é muito fácil abrir a sua própria loja virtual. Para tanto, é preciso aprender onde encontrar os melhores fornecedores, quais as formas de pagamento mais adequadas para esse tipo de negociação, como encontrar as plataformas mais baratas para montar o seu empreendimento on-line e escolher que tipo de mercadoria você vai vender.

Atualmente, os eletrônicos chineses fazem muito sucesso entre os compradores virtuais, porque os seus preços são muito baixos e permitem que praticamente qualquer pessoa possa ter os celulares e demais aparelhos mais modernos. Você também vai obter bons lucros ao final do mês, pois mesmo oferecendo mercadorias baratíssimas, o seu negócio é muito rentável graças aos valores ainda mais baixos que você investe ao importar da China.

Como se tornar um importador da China

Pesquisar na Internet é o primeiro passo para saber como importar da China e criar uma loja virtual, bem como conhecer a concorrência e tomar decisões semelhantes. A experiência alheia nessa área é valiosíssima, porque assim você já vai saber com quais fornecedores é melhor fechar negócio. Nunca seja o primeiro a negociar com um fornecedor chinês, prefira aqueles que são os mais conhecidos e, por isso, os mais confiáveis.

Na web, você encontra sites que funcionam como portais onde estão reunidos muitos fornecedores da China, ali, você pode conferir o que é ofertado por cada um deles, como estão os seus preços e comparar com os demais. Esses sites também servem para você contatar por e-mail os fornecedores e negociar com eles a compra de produtos. Entre os mais conhecidos, veja quais oferecem as melhores formas de pagamento e lembre-se que quanto mais unidades de um mesmo item você adquirir mais barato deve pagar por cada um deles.

No momento, a forma mais adequada de importar do exterior é usando um cartão de crédito internacional e realizar o pagamento através de sites como o PayPal, que são seguros e garantem a sua transação financeira sem complicações ou taxas exorbitantes. Além disso, você também pode vender em sua loja virtual muitos outros produtos além dos eletrônicos, como brinquedos, vestuário feminino, masculino e infantil, produtos de beleza e saúde, ferramentas, acessórios, perfumes e muito mais.

Já na hora de montar o seu comércio on-line, ou e-commerce, você pode criar a sua própria plataforma e fazer um site como quiser, porém, é preciso saber como fazer isso ou contratar um profissional. O mais comum, entretanto, é alugar plataformas com preços de planos acessíveis que oferecerem assessoria ou optar pelas plataformas gratuitas, oferecidas pelo Facebook ou sites como Mercado Livre, onde é possível divulgar produtos gratuitamente.

Como ser um Empreendedor Importando Roupas de Marca

Como ser um Empreendedor Importando Roupas de MarcaQuando você se torna um empreendedor virtual é importante que se envolva em um ramo no qual tenha interesse para que o trabalho além de lucrativo seja prazeroso. De nada adianta você ter o seu próprio negócio, fazer boas vendas e ganhar bem, se o segmento de mercado em que você atua não tem nada a ver com você. Até porque se assim for, as suas chances de prosperar são menores, já que é importante estar envolvido com o ramo do mercado que você está investindo. Saiba, então, como ser um empreendedor importando roupas de marca.

No caso de optar pela revenda de roupas de marcas importadas, o mais adequado é que você tenha interesse no vestuário de grife, pois ao agregar informações a sua loja virtual, como dicas de moda e falar sobre as últimas tendências, vai conseguir se aproximar mais do seu público alvo. Você também deve estar informado sobre as últimas novidades do setor para oferecer aos seus clientes as roupas que estão em alta.

Marcas de roupas mais procuradas internacionalmente

Existe uma série de marcas que ganham a atenção de clientes de todo o mundo, graças ao trabalho de divulgação que fazem há anos, agregando valor aos seus produtos ao vestir personalidades famosas e ao vender a ideia de que as peças conferem elegância e são sinais de bom gosto. Entre elas estão grifes como Coogi, Volcom, Puma, EckoUnltd, Lacoste, Tommy, Hilfiger, Ralph Lauren, Aéropostale, Abercrombie, Giorgio Armani, D&G, Gucci, Hollister, Armani Exchange, New Era, QuickSilver, Adidas e Nike.

Dessas marcas é possível comprar muitos produtos para revender no Brasil e não apenas vestuário para homens e mulheres, mas também relógios, sapatos, tênis, bolsas, óculos, cintos, bonés, perfumes e muito mais. Essas grifes já estão consagradas no mundo da moda e ao adquirir os seus produtos dos fornecedores certos a venda é garantida, desde que faça um bom trabalho de divulgação para encontrar o seu público alvo.

Além disso, a cada ano, as grifes lançam suas novas coleções, ou mesmo, a cada seis meses, quando apresentam os novos modelos para as estações primeira/verão ou outono/inverno. Assim, nesses períodos, você deve estar atento para disponibilizar antes, ou mesmo, junto à concorrência as novidades de cada marca. Nada de ficar para trás, por isso, na hora de fazer um estoque de produtos, não adquira muitas peças, para que elas não fiquem paradas. Quando você perceber que está acontecendo isso com algum item, faça uma boa promoção para desencalhar o que ficou esquecido.

Como aprender a revender roupas importadas

Para aperfeiçoar o seu conhecimento sobre o mercado de importados, em especial, de vestuário, calçados e acessórios de grifes famosas, você pode fazer um curso on-line que ensine tudo o que você precisa para abrir a sua própria loja de importados. Existem empreendedores virtuais que depois de obterem sucessos em seus negócios se dedicam a passar adiante a sua experiência para que mais pessoas entrem nesse mercado e tenha sucesso.

Por meio desses cursos, que são oferecidos por preços acessíveis, você vai conhecer quais são os fornecedores mais confiáveis para negociar, quais as marcas mais em alta para revender os seus produtos, como comprar e vender com segurança através da Internet e muito mais. Você também vai receber dicas valiosas e quais os primeiros passos fundamentais para dar o pontapé inicial em busca de sua independência financeira.

O conhecimento alheio é precioso e você deve conhecer casos de sucesso e também aprender com outros profissionais mais experientes o que você não deve fazer na hora de comprar para revender roupas importadas. Não fique mais parado sonhando em ser dono da sua própria empresa, aja e tenha sucesso na sua nova carreira de empreendedor.

4 Dicas para Importar e Revender Roupas com Sucesso

4 Dicas para Importar e Revender Roupas com SucessoSe você decidiu abrir o seu próprio negócio na Internet e está pesquisando em qual ramo atuar, saiba que um dos segmentos do mercado que está crescendo exponencialmente é dos produtos importados e entre uma das opções mais certas de obter sucesso é a revenda de roupas de marca. Muitas pessoas não se importam em gastar um pouco mais para comprar peças e acessórios de grifes famosas e ao revendê-las você terá bons lucros todo o mês. Confira aqui 4 dicas para importar e revender roupas com sucesso.

Porém, para que esse empreendimento prospere, seguem algumas dicas para que você possa dar o pontapé inicial no seu negócio de revenda de roupas importadas, ao encontrar os melhores fornecedores, canais para se aproximar do seu público alvo e garantir um grande número de vendas.

Antes de prosseguir, quero deixar uma frase que me marcou muito antes de iniciar meus negócios. Alguns gurus da revenda de roupas no maior curso sobre o assunto que realizei disseram certa vez: “Construir uma boa base garante lucros permanentes e duradouros. Mesmo que você queira parar de ganhar dinheiro, ele continuará indo para seu bolso.”

1. Comece investindo menos dinheiro

Uma das vantagens de ter um negócio on-line é que você pode iniciá-lo mesmo sem ter capital inicial, ou mesmo, gastando muito pouco. Para divulgar os seus produtos, pode utilizar sites como o Mercado Livre e eBay, onde é necessário fazer um anúncio para que as suas roupas de marca sejam vistas pelos visitantes dos sites. No Mercado Livre não há custos para anunciar, porém, se a sua mercadoria for vendida por meio dele, o site cobra uma porcentagem em cima do valor do produto.

Também é possível montar lojas virtuais com pouco investimento ou nenhum, entre as opções gratuitas está o e-commerce que pode ser criado no Facebook, pois sem custo algum a rede social oferece todas as ferramentas para vender on-line. Já quem prefere ter uma plataforma própria para a loja virtual pode pesquisar entre as empresas que oferecem o serviço com planos econômicos, a vantagem é que elas também disponibilizam a assessoria necessária.

2. Seja criativo e tenha um diferencial

Mesmo que existam outros vendedores de roupas, calçados e acessórios de grifes famosas pela Internet, você deve ter um diferencial para se destacar no meio da concorrência. Nesse, momento, é preciso ser criativo, além de conhecer bem os demais importadores, para saber melhor o que pode ser oferecido que os outros não disponibilizam a seus clientes. Preços baixos, formas de pagamento variadas, brindes na compra de determinados produtos, dicas com as últimas tendências, presença massiva nas redes sociais, etc, são formas de ganhar o seu espaço na web.

A criatividade também é essencial na hora de fazer o layout do seu anúncio ou da sua loja virtual, bem como de criar um logotipo. É importante que desde o começo das vendas você tenha uma identidade visual para dar credibilidade ao seu negócio. Existem sites e programas fáceis de usar que ajudam a montar um logotipo. Lembre-se que mais é menos, por isso, faça uma marca simples, porém, que chame a atenção.

3. Garanta os melhores preços aos clientes

Para oferecer preços atraentes para os consumidores e competitivos em relação à concorrência, você deve comprar as roupas e demais produtos de fornecedores de países como China, Vietnã, Camboja e Indonésia, que são territórios que possuem fábricas de algumas das marcas mais procuradas do mercado. Como a taxa de impostos nesses lugares é menor do que no Brasil, você pode adquirir mercadorias por R$ 30,00, em média, é revendê-lo depois no Brasil por mais de R$ 80,00.

4. Use o marketing digital

Já que a sua empresa está no mundo virtual, faça uso dele para divulgar os seus produtos. Esse é um dos grandes benefícios das lojas virtuais: a publicidade on-line basta e na web você pode utilizar diferentes formas de promoção gratuitas. As redes sociais são bons exemplos, como as mais populares, entre elas, o Facebook, onde você pode criar uma fanpage para ajudar na promoção das suas roupas importadas.

4 Passos para quem Deseja Revender Roupas Importadas de Marca

4 Passos para quem Deseja Revender Roupas Importadas de MarcaEm meio a tantas informações na Internet, é importante que você busque aquelas que realmente sejam relevantes na hora de montar uma loja virtual de roupas de grifes famosas. Existem cursos on-line realizados por empresários do setor que desejam compartilhar as suas experiências e dar dicas sobre as melhores atitudes a se tomar para ter sucesso no seu empreendimento on-line, bem como mostrar os principais passos para que o seu sonho de alcançar a independência financeira se torne realidade. Confira aqui nossas dicas e conheça os 4 passos para quem deseja revender roupas importadas de marca.

Assim como qualquer empreendimento físico, os virtuais também exigem muito conhecimento e para adquiri-lo uma dica é realizar uma grande imersão no mundo corporativo virtual. Para tanto, você pode fazer cursos on-line, pesquisar casos de sucesso, acessar as lojas da concorrência, se informar sobre a negociação com fornecedores, olhar como são as lojas virtuais de quem revende roupas importadas, etc.

Após adquirir esse conhecimento, você pode seguir os principais passos para dar o pontapé inicial no seu negócio. Segue abaixo quais são eles para você ter uma ideia do que é preciso fazer.

1. Definir foco do seu negócio e público-alvo

É preciso ter em mente o que você quer vender e para quem você vai vender, para início de conversa. Se você optar por oferecer roupas de marcas pelo valor que é encontrado na Internet, os quais ainda são altos para a grande maioria da população, porém muito atrativos para quem não se importa em pagar mais por uma peça de grife, o seu negócio não será popular.

O seu público alvo são homens e mulheres que podem e gostam de investir um pouco mais no vestuário e acessórios do que os demais e por isso também são mais exigentes, seja com a qualidade dos produtos, do atendimento, da entrega e com o visual da sua loja virtual. Por isso, é preciso oferecer um serviço personalizado. Você também pode escolher entre revender determinadas marcas e produtos, se especializando em itens específicos ou dispor deum pouco de tudo.

2. Escolher plataforma para divulgar os seus produtos

Você pode começar a revender roupas importadas no Mercado Livre, como muitos outros vendedores fazem. No entanto, é preciso oferecer preços bem competitivos, já que quando um internauta buscar por um produto ele vai comparar o seu com os demais. Caprichar no visual do anúncio, colocando todas as informações pertinentes, fotos em alta resolução e destacando preços ou formas de pagamento são dicas para destacar a sua divulgação entre tantas outras.

No caso de você optar por ter uma loja virtual, pode escolher entre uma plataforma alugada, que possui o melhor custo benefício, além de todas as ferramentas necessárias para divulgar e vender os seus produtos, bem como assessoria para o que precisar. Outras formas de ter um e-commerce é ao comprar ou criar a sua própria plataforma, entretanto, essas alternativas exigem mais investimento.

3. Comprar com fornecedores

Já para escolher entre os melhores fornecedores você deve buscar a experiência de outros importadores e negociar com os mais confiáveis que atendem outras lojas virtuais. Nunca seja o primeiro a adquirir produtos de um novo fornecedor. Também é importante que se certifique de que ele entrega encomendas no Brasil, confira o valor do frete, prazo de entrega e quais as formas de pagamento que ele aceita.

4. Promover as mercadorias com o marketing digital

Embora todos esses passos tenham que ser dados de forma conjunta, depois de estar com tudo pronto é que você vai lançar a sua campanha publicitária e, por isso, já deve ter traçada a sua estratégia de marketing. A vantagem de um empreendimento virtual é que a publicidade na web é suficiente, podendo contar com meios gratuitos para promover seus produtos, vide as redes sociais, ou por preços bastante acessíveis. Iniciar a divulgação no Facebook pode ser um bom início, pois além de ser gratuita no meio do seu grande número de usuários será mais fácil de você se aproximar do seu público alvo.

Como ser Empreendedor Vendendo Roupas Importadas

Como ser Empreendedor Vendendo Roupas ImportadasMuitas pessoas têm se tornado empreendedoras virtuais ao abrir negócios na web e encontrar o seu lugar no meio da concorrência. Os ramos para investir são diversos e variados, sendo que hoje em dia é possível encontrar lojas que vendem on-line nos segmentos da informática, games, eletroeletrônicos, eletrodomésticos, móveis, automotivos, esportes, brinquedos, beleza e saúde, entre outros. Porém, entre tantas opções uma que se destaca é a revenda de vestuário de marcas famosas. Saiba como ser empreendedor vendendo roupas importadas através de nossas dicas.

O interesse em adquirir roupas, calçados e acessórios de grifes internacionais é o sonho de consumo de muitos consumidores que sempre buscam pelas melhores ofertas em lojas virtuais na Internet e mesmo em lojas físicas. No entanto, é no comércio digital onde se encontram os melhores preços para adquirir peças das marcas EckoUnltd, Puma, Adidas, Nike, Lacoste, Giorgio Armani, Ralph Lauren, Gucci, Armani Exchange, D&G, Tommy, Coogi e muitas outras.

Como encontrar os melhores fornecedores para importar roupas

Para saber como ser empreendedor vendendo roupas importadas e obter os lucros esperados na venda de produtos de marca, incluindo tênis e acessórios, como cintos, bonés, perfumes, bolsas, entre outros, é preciso que você encontre na Internet os melhores fornecedores para importar as suas mercadorias. Para poder vender por preços competitivos você deve adquirir as mercadorias de fornecedores de países como China, Vietnã, Camboja e Indonésia, pois são onde estão localizadas algumas das fábricas das grandes marcas.

Diferente do que acontece no Brasil, onde existem impostos que deixam muitos produtos com preços extremamente caros, nesses países as taxas são menores e assim eles podem vender as roupas de grife por preços bem baixos. É possível encontrar camisetas de marca por R$ 30,00 com fornecedores da Internet, sendo que esses produtos giram em torno dos R$ 100,00 no mercado brasileiro.

Como fazer pagamentos on-line de forma segura

Depois de encontrar os fornecedores adequados para negociar está na hora de avaliar quais as melhores formas de pagamento on-line. Embora as negociações financeiras pela web já estejam consagradas e você não precisa ter receio de se dar mal, é sempre importante usar as formas mais seguras para realizar pagamentos virtuais.

Na hora de importar, os empresários preferem utilizar cartão de crédito internacional e pagar através do site PayPal. Ao se cadastrar no PayPal, você pode realizar pagamento e recebê-los de qualquer parte do mundo, com taxas mínimas, sem burocracia e com muita segurança. Além disso, existe uma opção no site que permite a você cancelar o pagamento ao fornecedor no caso dele não enviar a mercadoria.

Como divulgar as roupas importadas na internet

Além de ter uma loja virtual descolada e com visual em sintonia com as tendências da moda, você deve ter um plano de ação para por em prática a sua estratégia de marketing digital. É possível desfrutar das ferramentas gratuitas que a web oferece para promover o seu produto de forma gratuita. Entre elas, estão as redes sociais, sendo que também existem maneiras econômicas de divulgar o seu negócio, seja por meio de anúncios no Facebook ou realizar campanha publicitárias no Google AdWords.

Quanto às redes sociais, as mais populares e por isso mais fáceis de ter contato com o seu público alvo são o Facebook e o Twitter. Além delas, existe o Linkedln, embora menos popular, é ideal para promover negócios e encontrar oportunidades de parcerias, contatos, etc. Para angariar mais clientes, basta criar um perfil nas redes sociais ou uma fanpage no Facebook e mantê-los atualizados, com conteúdo original e exclusivo. Fazer promoções, sortear brindes e informar sobre as tendências da moda com dicas vai aproximar a sua loja virtual do seu público alvo e conquistar mais clientes.

Lingerie para revender – Dicas práticas

Lingerie para revenderExistem muitas formas de ganhar um dinheiro extra, uma delas é importar roupas do exterior. Buscas do tipo “como importar roupas dos EUA” tem crescido muito aqui no Brasil. Também, não é para menos, você paga muito mais barato do que comprando no Brasil e poderá vender bem mais caro, lucrando as vezes até mais que 200% em cima de cada peça. É realmente uma margem de lucro fantástica! Um dos tipos de roupa mais importadas são as lingeries para revender. A mulher tem a necessidade de dar aquela apimentada na relação, e por isso sempre esta em busca de novas lingeries para comprar. Então, essa é sua oportunidade de ganhar dinheiro.

Pensando justamente nisso, vamos passar algumas dicas bem interessantes e importantes para que você possa trabalhar com revenda de lingeries, seja para suas amigas, conhecidas ou ainda desconhecidas. O fato é que comprar lingerie para revender é uma excelente forma de ganhar dinheiro, por isso, aproveite esta fantástica oportunidade.

Dicas para revender lingeries

Revender LingeriesA loja em que vai comprar – Como revender roupas de marca pode ser um tanto quanto perigoso, afinal, você tem que utilizar o cartão de crédito, você tem que ter cuidado redobrado quando escolher a loja em que vai efetuar sua compra. Pesquise muito a respeito da loja em questão, veja se não existe reclamação sobre a loja de modo que você possa confiar plenamente neles. Também seria bacana enviar alguns emails e ver como é o suporte da loja, e só depois realizar a compra. Você poderá ganhar um bom dinheiro com isso, mas tem que tomar cuidado.

As marcas que vai comprar – Apesar de serem todas roupas de marca, fique atento nas roupas que vai comprar. Se possível, faça uma pesquisa com os amigos de vocês, de modo que você possa notar quais marcas são mais procuradas, e assim poderá comprar as marcas que realmente vai vender bastante.

Os preços que vai vender – Também é bacana fazer uma pesquisa, perguntar aos seus possíveis futuros compradores. Se você vai realmente focar em ter lingerie para revender, então pesquise com as mulheres próximas a você uma média de preços que aceitam pagar numa boa, de modo que você possa comprar e vender com uma grande margem de lucro.

A hora de vender – Também é importante estar atento no momento em que vai vender o produto. Se for uma amiga/amigo tenha em mente que pode deixar para receber depois, mas se não conhecer tão bem a pessoa, o ideal é que receba antes de entregar o produto, afinal, o objetivo é ganhar dinheiro e não tomar prejuízos. Outro ponto importante é pensar se haverá ou não possibilidade da dona da lingerie ou da roupa em questão fazer a troca depois de comprar. O melhor é que deixe claro que não há esta possibilidade, a menos que o produto tenha ido com defeito. Caso contrário, é melhor ficar longe de complicações.

Conclusão

Vender roupas importadas, sejam elas masculinas ou femininas, acaba por ser uma excelente forma de ganhar uma renda extra ou ainda viver disso, afinal, os preços pagos nas peças são as vezes até 200% menor que o preço vendido por você. Aproveite para importar roupas dos EUA e outros países.